Contos de Pirata / 13.02.2017

Lá estava eu, cantarolando pela linda Budapeste, quando me deparo com uma feira gigante na Praça da Liberdade, ou Szabadság tér, se preferir. (Não, não bati a mão acidentalmente no teclado.) Depois de tendas e mais tendas de comidas com carnes penduradas logo a frente se...